O Brasil é o oitavo país em incidência de roubo de cargas, um crime que causa prejuízo para empresas e assusta os caminhoneiros do país. Dentre a mercadoria mais visada pelas quadrilhas estão alimentos, bebidas, eletrodomésticos, remédios e perfumaria, de forma que muitas vezes as empresas pagam a mais para que os caminhoneiros façam este tipo de frete.

Devido à insegurança, alguns motoristas se recusam a trafegar durante o período noturno e até mesmo a viajar para determinados lugares onde o índice de assalto e sequestro de veículos de carga é muito alto. Em casos mais graves, há profissionais que chegam a abandonar a profissão devido ao medo da violência.

Embora uma solução totalmente eficaz para combater este tipo de crime ainda não tenha sido encontrada, há alguns cuidados que podem ser tomados para diminuir o risco de ser surpreendido. Aqui listamos alguns deles e mostramos o que pode ser feito em caso de ocorrência.

Conselhos para evitar o roubo de cargas
Siga o planejamento da rota e evite paradas desnecessárias
Procure seguir à risca o planejamento da rota feito pela empresa, incluindo as paradas para abastecimento e refeições. Evite fazer paradas desnecessárias durante o trajeto e, caso seja necessário, dê preferência para locais conhecidos e movimentados.

Não desvie da rota e não pare na estrada
Não desvie do seu trajeto, a menos que seja obrigatório. Não dê caronas e não pare na estrada para prestar auxílio a pessoas estranhas, mesmo mulheres e crianças. Caso se depare com acidentes, chame a polícia rodoviária.

Comunique-se
Procure estabelecer um acordo de comunicação com a empresa, entrando em contato com os gestores em intervalos regulares e em locais pré-determinados. Assim, eles podem acompanhar o andamento da sua viagem e agir rapidamente caso você não entre em contato.

Seja discreto e vigilante
Durante as paradas, não revele a desconhecidos a natureza da carga que está transportando, a sua rota e o seu destino. Também é importante não deixar o veículo sem vigilância quando precisar se ausentar para fazer refeições. Ao retornar, faça uma inspeção nas partes vitais do seu veículo.

Mantenha a manutenção do caminhão em dia
Nunca é demais reforçar a importância da manutenção regular do caminhão e de se fazer inspeções antes de cada viagem para garantir que o veículo está em perfeitas condições e não quebrará na estrada.

Não viaje armado
Dificilmente você poderá defender-se de um ataque de surpresa, principalmente com o veículo em movimento.

O que fazer em caso de ocorrência
Notifique atividades suspeitas
Se suspeitar que está sendo seguido ou atraído para uma emboscada, procure avisar imediatamente a sua empresa e/ou a polícia, para que possam agir com rapidez.

Mantenha a calma
Ao ser surpreendido por assaltantes, procure manter a calma. Por mais ameaçadores que sejam, é a carga o que eles buscam e não atentar contra a sua vida. Portanto, não reaja.

Esteja atento
Ainda que não seja recomendável manter contato visual com os ladrões, tente guardar em mente o maior número de detalhes que possam ajudar a polícia a investigar a ocorrência.

Providências a serem tomadas
Após ser libertado, o caminheiro deve informar a empresa e se dirigir à delegacia mais próxima para registrar o boletim de ocorrência (B.O.). Caso o assalto tenha ocorrido em uma rodovia federal, é importante ligar para o Centro de Operações da Polícia Rodoviária Federal no número 191, para que as buscas pela carga e pela quadrilha sejam iniciadas o quanto antes.

Para outros conselhos e maiores informações sobre segurança e roubo de cargas, visite o site da Polícia Militar e o site Tudo Sobre Segurança.

Fonte: Roadcard